Dicas para Example Mapping

Resumo do post do Steve Tooke com dicas para sua primeira sessão de Example Mapping:
1. Escolha uma história qualquer para começar, de preferência não uma história técnica. Não tente fazer muito de primeira.
2. Estabeleça um limite de tempo e no final veja se a equipe acha que a história está pronta para desenvolver. Se não estiver, marque outra sessão quando as dúvidas forem resolvidas. 25 minutos é o tempo sugerido.
3. Não convide gente demais. Ele sugere 3-5 pessoas que representem negócio, teste e desenvolvimento.
4. Tenha alguém no papel de facilitador, criando os post-its de perguntas e de novas histórias até o time se acostumar a fazer isso naturalmente, para que a conversa não tranque em detalhes.
5. Não use sintaxe Gherkin nos exemplos nesse momento.
6. Posteriormente, a pessoa (ou melhor ainda, o par) que tinha menos conhecimento do negócio escreve os cenários em Gherkin e compartilham de volta, para validar o entendimento.
7. Faça uma mini-retrospectiva no final para refinar a técnica.
Dica bônus dos comentários do post: Evite detalhes de implementação.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s