Prévia de Oficina de BDD

Galera da DB ajudando a formatar uma oficina de Behaviour-Driven Development com mais tempo de duração – com direito a jogo, claro!

Grupo escrevendo cenários
Escrita de cenários após dinâmica de Example Mapping

Grupo jogando

Cenário com muitas cartas

Raios, mesa, cérebro e Chuck Norris? Talvez seja melhor refatorar… Mas pontos extras por pensarem em “Dado uma mesa com    Pinky   e um cerébro”.

Jogadores olhando as cartas

Cartas de cenário

Dado que Alice é uma zumbi
Quando ela estiver a 5 metros de um humano
Então ela deve correr para atacá-lo

English Playtest

Thank you, brave playtesters! I got some useful feedback from the session and updated the game accordingly.

Players setting up the game
Setting up the game
Scenario cards
This may or may not be a Twilight vampire

Given a young vampire
And a cow
When the vampire is hungry
Then he should eat the cow

Player making a move
The master at play

Scenario cards

Given that Alice is a werewolf
And a dead dog is on the street
When the corpse is more than a day old
Then Alice should pick it up for burial

Scenario cards

Given Alice on an island
And a common hammer
When Chuck Norris arrives on the island
Then Alice should throw the hammer at him
And Chuck Norris should not be affected

(People sometimes ask if all blanks must be filled – only if the sentence doesn’t make sense by itself)

Visita dos participantes do CSBC 2016

Se o jogo não vai ao CSBC, o CSBC vem até o jogo! Agradecemos aos participantes do XXXVI Congresso da Sociedade Brasileira de Computação pelo interesse no BDD Warriors. (Da próxima venham com mais tempo que a gente inclui uma partida de Hanabi ;-))

Jogadores concentrados

Cartas na mesa

Dado que Alice está numa ilha com vampiros
Quando Chuck Norris chegar na ilha com suas armas
Então Chuck Norris deve conseguir matar todos os vampiros

Jogadores pensando no cenário

Cartas na mesa

Dado um avião que combate vampiros
E que tem uma tripulação de humanos
Quando o avião atacar os vampiros
Então os vampiros devem explodir

Jogadores contando os pontos

Cartas na mesa

Dado uma espaçonave pilotada por alienígenas hematófagos
Quando a espaçonave chegar em solo terráqueo
Então os alienígenas devem estar em forma humana

Jogadores em frente a uma parede com um cérebro e uma mesa
Dado uma mesa com _____ e um cérebro….

Playteste e treinamento com as equipes

Sempre temos pessoas novas entrando nos projetos que usam BDD, então aproveitamos a repaginação das cartas para uma dinâmica com as equipes.

Pessoas jogando
Primeira rodada
Cartas mostrando um cenário e fichas
Exemplo de cenário

Dado que Rony Weasley está na floresta
E se perdeu de Harry Potter
Quando ele encontrar aranhas gigantes
Então ele deve conseguir correr
E deve usar o feitiço de wingardium leviosa

Jogadores olhando as cartas

Dado um robô insano fora de controle
E que
é controlável apenas em um raio de cinco metros
Quando
seu operador estiver a cinco metros de distância
Então
o robô deve se transformar em um robô controlável

Jogadores com placar em primeiro plano

Jogadores em volta da mesa

Dado que Chuck Norris foi irradiado com raios gama
Quando Chuck Norris se irritar
Então tudo deve explodir
E não deve acontecer nada com Chuck Norris

Placar final
Placar final
Toda a equipe
A vencedora ganha o direito de segurar a plaquinha na foto

Competição ou Colaboração

Quem já me ouviu exaltando jogos cooperativos como Hanabi ou Ilha Proibida costuma assumir que BDD Warriors também é coop.

Não é.

É cada um por si, então use bem aquela carta de bloquear outro jogador.

Já pensei em fazer uma versão com dois ou três times de duas pessoas jogando uns contra os outros (alguém quer tentar e me dizer como foi?), mas não penso em fazer completamente cooperativo.

No princípio isso foi para fazer algo diferente do meu outro projeto de jogo, o Agile Life. Porém depois de algumas sessões de BDD Warriors, eu percebi o seguinte: os cenários dos jogadores saem melhores quando são questionados e isso é exatamente o que acontece na vida real com cenários de BDD onde a equipe trabalha em conjunto. Trabalho colaborativo não quer dizer que as pessoas nunca discordam umas das outras.

Então voltando ao BDD Warriors, se todo mundo estivesse no mesmo time, a forma óbvia de ganhar o jogo seria aceitar todo e qualquer cenário, fazendo um monte de pontos – o jogo em si não teria nenhuma mecânica para dificultar a vida dos jogadores. E isso além de não ter graça, não ia demonstrar nada sobre a construção de cenários na prática.

(E não, Gabriel, também não penso em mudar a regra para que Chuck Norris ganhe automaticamente o jogo…)